A arte nunca se esquece: desastre ambiental em Mariana (MG)

Há seis meses, completado no dia 5 de maio, o maior desastre ambiental na história do país, causado pelo rompimento de barragem da mineradora Samarco, que devastou a região de Mariana, em Minas Gerais, em 5 de novembro de 2015.

A tragédia tem sido esquecida pela grande mídia, quase abafado pelas enxurradas de notícias em que somos bombardeados diariamente. Embora o Ibama tenha aplicado inúmeras multas contra a mineradora, particularmente, não vi nenhuma solução. As ações da mesma para resolver o problema não são suficientes. Confesso que me questiono muito sobre isso.

Há um descaso enorme aí, mas esse crime não pode ser esquecido, precisa sim, estar nas pautas mediáticas, ser discutido, e, principalmente, ser realmente resolvido. A justiça precisa ser feita.

Para que a tragédia não seja tragada pelo esquecimento, embora isso nunca seja apagada da memória das vítimas, a Panamericana Escola de Arte e Design desenvolveu um projeto muito bacana, em parceria com a agência AlmapBBDO.

Titulado “A Arte Nunca Esquece”, o projeto conta com a participação do ex-aluno da instituição, o artista plástico Marcelo Tolentino que, ao contato com o que restou da região atingida e moradores, registra, através de sua pintura, retratos de algumas vítimas, substituindo as tintas pela própria lama do desastre. 

Confira o vídeo: 

As obras, além de serem expostas a céu aberto nas ruas próximas ao Congresso Nacional, também estampam outdoors situados em pontos estratégicos de Brasília.

Essa ação, além manter o assunto em pauta, também tem a pretensão de deixar marcado na História, não apenas a tragédia, mas trazer à tona a identidade dessas vítimas. Não deixe de conhecer o site do projeto e saiba como você pode ajudar nessa luta (clique aqui).   

 

 

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.