[Agenda Cultural] MIS-Campinas exibe mostra de curtas-metragens de horror

A seleção de filmes de curtas-metragens brasileiros prêmiados do gênero de horror da Mostra Obscura, que serão exibidos no dia 21/09 (sábado), realizada no Museu da Imagem e do Som de Campinas, promete arrepiar o público.  

O evento faz parte das atividades de produção do curta "Obscura", projeto fílmico financiado coletivamente através da plataforma Catarse, ambientado nos anos 80, que narra a história de Henrique Ferraz, um fotógrafo experiente, que trabalha com a exposição de figuras importantes: políticos e celebridades. Ao revelar fotografias comprometedoras de uma importante figura política, terá que enfrentar seu passado. Para saber mais do projeto, acesse aqui.

A seguir, você confire a programação completa da Mostra. Boa sessão.

 

Boneca (2019), do direto Flávio Carnielli, 24min
Sinopse: A vida de Raquel toma um terrível rumo quando ela se vê cativa de Gregório, um escultor de bonecas vivas, que lhe apresenta suas concepções sobre a beleza e a total submissão.
Premiações: Melhor Filme Sessão Raça Ruim; Mostra Espantomania; 14° Trash Film Festival – Croácia e 9º BUT Film Festival – Holanda.

Cova Humana (2019), do diretor Joel Caetano,10min.
Sinopse: Ele enterrou sua dor profundamente, mas ela insiste em voltar.
Premiações: Melhor Curta: III Curta Con Floripa, Weekend Of Fear (Alemanha), #AMLatino Film Festival (Estados Unidos)

“Eternidade” (2016), Flávio Carnielli, 13min.
Sinopse: Um casal separado pela morte é capaz de qualquer coisa para se reencontrar. Até mesmo invocar a Deusa da Eternidade. Baseado no cinema expressionista alemão.
Premiações: Melhor Filme e Melhor Desenho de Som: Festcine Pinhais, Prêmio do Júri Popular Terror: Festival Take Único, Melhor Filme; Direção; MakeUp FX; Ator (Filastor Brega): III Festival Internacional De Cinema Fantástico POE

“Filho da Lua” (2018), do diretor Matheus Maltempi, 23min.
Sinopse: Leonardo grava suas memórias finais sobre um diário de um de seus falecidos clientes da firma de advocacia. Desde o dia em que achou o diário, ele nunca mais esteve sozinho.
Premiações: 14º Festival de Cinema Latino-Americano – Mostra Escolas Ciba-Cilect,  Mostra de Cinema Cine Horror Bahia 2018 e Festival Toró 2018

“Inside” (2018), do diretor Joel Caetano, 1min.
Sinopse: Há algo no espelho!
Premiações: Menção Honrosa: Spook Screen (Irlanda), Melhor Curta Minuto: Corvo de Gesso  (Jacareí/SP) e Insólito 2 – Festival de Cine de Terror e Fantasia do Peru

 O Segredo da Família Urso” (2014), da diretora Cíntia Domit Bittar, 20min.
Sinopse: 1970, ditadura militar brasileira. Geórgia, uma menina de 8 anos, é proibida de entrar no porão de sua casa, onde costumava brincar. Longe dos olhos dos pais e da velha babá, Geórgia encontra a porta destrancada: há alguém lá dentro.
Premiações: Melhor Curta Júri Popular: 10º Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre – Fantaspoa, Melhor Ator (Otto Jr.): 21º Festival Latinoamericano de Vídeo e Artes Audiovisuales da Argentina, Melhor Curta: 8º Buried Alive – Atlanta Independent Horror Film Festival

 

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Comunicóloga, escritora, cineasta e cofundadora do EntreLinha e Coletivo Pausa. É cinéfila, amante das artes e da literatura.

Posted Under
Sem categoria