Mostra homenageia os 55 anos de carreira do cineasta brasileiro Cacá Diegues

O cineasta Cacá Diegues, um dos fundadores do Cinema Novo, ao lado de Glauber Rocha, é um dos mais importantes diretores brasileiros. Com mais de 20 prêmios na carreira e 55 anos dedicados à sétima arte, sua grande paixão, ganha uma mostra muito especial em sua homenagem, “Cacá Diegues – Cineasta do Brasil”, que poderá ser conferido entre os dias 7 a 20 de setembro, no Caixa Belas Artes, em São Paulo.

A mostra, que conta com a curadoria de Silva Oroz e Breno Lira Gomes, e patrocínio da Caixa e Governo Federal, é um prato cheio para os amantes do cinema brasileiro. Além de ser uma grande oportunidade para conferir grande parte de sua filmografia, desde curtas e longas.

Cena do filme "Bye Bye Brasil" (1980)

Para abrir o evento, o público poderá participar da mesa de bate com a presença do próprio diretor homenageado, de Arnaldo Jabor (jornalista, roteirista e cineasta), João Daniel Tikhomiroff (cineasta e produtor) e dos curados, no dia 7/09, às 18h30, com entrada gratuita. Já no dia 09/09, às 16 h, haverá a máster class “O Brasil através de Cacá Diegues”, ministrado pela curadora Silvia Oroz, também gratuito e com vagas limitadas.

Confira a programação completa da mostra “Cacá Diegues – Cineasta do Brasil” que está realmente imperdível.

 

Cena do filme "A Grande Cidade" (1966)

PROGRAMAÇÃO

07 de setembro (quinta-feira)

16h – "Ganga Zumba" (100 min)

18h30 – “Escola de Samba, alegria de viver” (20 min)

Debate: “O Cinema de Cacá Diegues”, com o cineasta homenageado e a curadora Silvia Oroz. Mediação da jornalista Flávia Guerra.

 

08 de setembro (sexta-feira)

16h – “A grande cidade” (90 min)

18h30 – “Xica da Silva” (107 min)

 

09 de setembro (sábado)

16h – máster class "O Brasil através de Cacá Diegues", com a curadora Silvia Oroz (120 min)

18h30 – “Bye Bye Brasil” (100 min)

23h30 – “Tieta” (140 min)

 

10 de setembro (domingo)

16h – “Deus é brasileiro” (110 min)

18h30 – “Chuvas de verão” (93 min)

 

11 de setembro (segunda-feira)

16h – Escola de samba, alegria de viver (20 min) + Oito universitários (5 min) + A oitava Bienal (20 min) + Cinema Íris (9 min)

18h30 – Os herdeiros (110 min)

 

12 de setembro (terça-feira)

16h – Quilombo (114 min)

18h30 – Ganga Zumba (100 min)

 

13 de setembro (quarta-feira)

16h – Um trem para as estrelas (103 min)

18h30 – O maior amor do mundo (106 min)

 

14 de setembro (quinta-feira)

16h – “Um séjour” (98 min)

18h30 –“Joanna Francesa” (110 min)

 

15 de setembro (sexta-feira)

16h – Dias melhores virão (92 min)

18h30 – Veja esta canção (110 min)

 

16 de setembro (sábado)

16h – “Deus é brasileiro” (110 min)

18h30 – “Bye Bye Brasil” (100 min)

23h30 – “Nenhum motivo explica a guerra” (150 min)

 

17 de setembro (domingo)

16h – “Xica da Silva” (107 min)

18h30 – “A grande cidade” (90 min)

 

18 de setembro (segunda-feira)

16h – Orfeu (115 min)

18h30 – Quando o carnaval chegar (90 min)

 

19 de setembro (terça-feira)

16h – Veja esta canção (110 min)

18h30 – Um trem para as estrelas (103 min)

 

20 de setembro (quarta-feira)

16h – O maior amor do mundo (106 min)

18h30 – Chuvas de verão (93 min)

 

Veja as sinopses dos filmes clicando aqui.

 

Local: Caixa Belas Artes  –  Rua da Consolação, 2423, São Paulo

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, do Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.