O Grande Gatsby: a desconstrução das formas na moda da década de 20

 

Para uma história ser contada e decodificada pelo receptor (espectador) é necessário a união de vários elementos para que ela seja interpretada. Numa obra cinematográfica, o figurino, por exemplo, assume um papel fundamental, pois carrega consigo mensagens implícitas ao traduzir uma época, sua cultura, valores e sua interação com o mundo.

O figurino de “O Grande Gatsby”, desenvolvido por Catherine Martin em parceria com a Miuccia Prada, leva o espectador a uma viagem à década de 20. As roupas retratam a nova fase que se iniciava na política, na economia e na cultura da sociedade americana após a Primeira Guerra Mundial, conhecido como “Os Anos Loucos”.

Um novo estilo de vida é assumido, no qual o excesso e a excentricidade dão lugar à elegância e “objetividade”. Libertas dos espartilhos, utilizados até o final do século XIX, as mulheres passam a ter um pouco mais de liberdade, além da emancipação sexual feminina. Fatores que refletiram de forma abrupta na moda.

As pernas, braços e o colo ficam à mostra e o uso de maquiagem com olhos marcados, boca na cor carmim, sobrancelhas tiradas e a pele mais natural está presente em seu cotidiano. As roupas são mais leves permitindo mais liberdade de movimentos.

Foram desenhados 40 looks exclusivos para o filme “O Grande Gatsby”. Os croquis mostram os luxuosos figurinos femininos repletos de brilhos, bordados e golas de pele adaptados de coleções passadas da Miu Miu e Prada, que expressam todo glamour da década de 20.

prada-great-gatsby-02

Miuccia-Prada-The-Great-Gatsby-2013-2

prada-great-gatsby-03

A conceituada joalheria Tiffany e Brooks Brother, marca norte-americana tradicional em roupas masculinas, também desenvolveram peças para o filme.

O filme inspirou uma nova tendência que passou a ser incorporado no dia a dia, na qual estão presentes em vestuários, jóias, acessórios e até em cortes de cabelos. Pérolas, bordados, transparência, tiaras, braceletes, lenços, franjas reaparecem nos looks e invadem os guarda-roupas das antenadas na moda.

 

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, do Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.