O Grande Gatsby: efeitos especiais que enchem os olhos

 

Os efeitos especiais surgiram com o intuito de criar cenas ou situações que seriam impossíveis de serem realizadas. Com a evolução tecnológica, essa ferramenta tem ganhado cada vez mais importância nas produções cinematográficas. Quando são bem empregados, podem valorizar e gerar grande impacto nas cenas de um filme.

Em “O Grande Gatsby”, o diretor Baz Luhrmann usou e abusou dos efeitos especiais para recriar a era dourada da década de 20, encantando espectadores. Chris Godfrey, supervisor de efeitos especiais do filme, publicou recentemente um vídeo mostrando um pouco do antes e depois dos efeitos, onde o que não é real se confunde com o real.

 Confira:

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.