O realismo levado ao extremo

 

Fascinados pela arte e pinturas realistas, alguns artistas mergulham em técnicas e conceitos de ilustração hiper-realistas e criam obras incríveis que parecem uma fotografia, mas apenas em sua aparência.

O hiper-realismo é um estilo de arte que surgiu na metade do século XX. Esse movimento se aproxima ao do Arte Pop, que utilizava objetos padronizados da sociedade de massa e personalidades que teve como ícone Andy Warhol (1928-1987). Porém, no hiper-realismo o sentido é inverso, a imagem massificada é retirada do meio para se tornar um objeto de arte único.

As obras são riquíssimas em detalhes que acabam causando reações paradoxais, de tão perfeitas, não podem ser reais.  Essa simulação de realidade cria a ilusão de uma nova realidade, mais complexa e, principalmente, mais subjetiva. Um exemplo é o trabalho impactante e muitas vezes perturbador do prestigiado artista austríaco Gottfried Helnwein, que retrata a perda da inocência, a morte e o Holocausto.

In the Heat of the Night Helnwein

02

gh4079

Durante a semana você vai conhecer aqui no EntreLinha Blog outros trabalhos de artistas incríveis como Roberto Bernardi e Alyssa Monks, que utilizam outros matérias para criarem suas obras hiper-realistas.

Vale a pena conferir!

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.