Sense8

Em julho de 2015, a Netflix lançou pelo serviço de streaming a série de ficção científica Sense8, escrita e dirigida pelas irmãs Wachowsky (trilogia Matrix) e J. Michael Straczynski, traz uma proposta bem interessante.

A série conta narra a história de 8 personagens distintos: Sun Bak (Doona Bae), executiva e lutadora de Kickboxe que vive em Seul, na Coréia do Sul; Capheus "Van Damme" (Aml Ameen), um motorista de van em Nairóbi, no Quênia; Tuppence Middleton como a DJ islandesa Riley Blue que mora em Londres; Lito Rodriguez (Miguel Ángel Silvestre), um ator mexicano que vive um romance escondido com Hernando (Alfonso Herrera), a indiana Kala Dandekar (Tina Desai), cientista farmacêutica de Mumbai; Wolfgang Bogdanow (Max Riemelt) um ladrão de cofres alemão, e Naomi Marks, interpretada pela atriz transgênero Jamie Clayton, hacker e ativista que luta em prol dos direitos LGBT na cidade de São Francisco, nos EUA, que descobrem estarem conectados uns aos outros; gradualmente, passam a partilhar sentidos, emoções, experiências sexuais e conhecimentos.

No entanto, mas isso ocorre a partir do momento que uma mulher misteriosa, interpretada pela atriz (Kill Bill), comete suicídio e “ativa” algo nessas 8 personagens essa conexão, desencadeando a trama. A personagem de Naveen Andrews (da série Lost), o Jonas, que apresenta um controle maior dessa sensibilidade, costura a história.

A primeira temporada, composta por 12 episódios, dialoga com temas universais e apresenta momentos catárticos. Vemos nessa série de ficção científica, além de mentes conectadas e ativismo LGBT, o multiculturalismo e, principalmente, as relações humanas. É nesse ponto que Sense8 é ousada, consegue estabelecer um nível de empatia com o espectador e personagens, além de transmitir uma reflexão em relação aos relacionamentos interpessoais na contemporaneidade Daryl Hannah

Após uma longa espera (algo que pecaram, pois é uma situação que deixa qualquer fã frustrado), no dia 23 de dezembro, o Netflix lançou na plataforma um episódio inédito da série titulado “Sense8: A Christmas Special”, com duração de duras horas. Sim, uma boa jogada de marketing.

Neste episódio, centra-se mais nas transformações recentes que ocorrem na vida das personagens, e, inclusive,  já conferimos o novo ator que passa a interpretar a personagem Capheus “Van Damme”, o americano Toby Onwumere. Para quem não está a par, Aml Ameen deixa a série, mas as circunstâncias exatas não ficaram bem claras. Confesso que estranhei um pouco a mudança.

A direção precisa das irmãs Watchowski e o roteiro, às vezes pouco trabalhado, e com uma narrativa cativante e dinâmica, lembrando o trabalho desenvolvido no filme “A Viagem” (Cloud Atlas, título original), de 2012, das cineastas em parceria com Tom Tykwer, tanto no quesito montagem conectando as personagens na trama como o arrojo técnica. 

A segunda temporada estreou no dia 5 de maio de 2017. Já estávamos ansiosos, veja algumas imagens divulgadas pela Lana Wachowski dos novos episódios:

Erica Ribeiro

Erica Ribeiro

Publicitária, blogueira, produtora e cineasta. É cofundadora do EntreLinha Blog, do Coletivo PAUSA e da websérie "Uma Pausa para o Café...", além de colunista do Design & Chimarrão.